Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Monte Farinha

Em vez de "Caminho Novo" vai passar a chamar-se o sítio aonde essa antiga via conduz: Monte Farinha.

Monte Farinha

Em vez de "Caminho Novo" vai passar a chamar-se o sítio aonde essa antiga via conduz: Monte Farinha.

Na rota do Monte Farinha

14.01.07 | aquimetem, Falar disto e daquilo

Nas memórias históricas de Mondim de Basto que Eduardo Teixeira Lopes, editou no ano  2000, consta no que respeita a vestígios arqueológicos, na freguesia de Vilar de Ferreiros, o seguinte: < Vilar de ferreiros encontra-se pejado de vestígios arqueológicos. Existiu um povoado fortificado no Alto dos Palhacinhos, e um castro no Alto dos Palhaços. Vestígios de outros povoados podem ser constatados, como no Premurado I, à saída de Vilar de Ferreiros para o Bilhó e o Premurado II,  no Outeiro do Moinho, no Bezerral. Nas  Richeiras encontram-se  rochas  com numerosas covinhas e também no Estor da Lage, perto do Outeiro do Moinho >.

Depois do Dr. Primo Casal Pelayo, o Dr Eduardo T. Lopes é sem dúvida a figura a quem Mondim de Basto mais tem que agradecer pelo empenho em estudar e divulgar a sua história.  Peguei neste pequeno trecho para comentar o seguinte: como as Richeiras, também um destes premurados, o "Premurado I" ,  fica no trajecto do Caminho Novo, mais concretamente ao fundo de Vilarinho, em Vale de Cão.  

Aqui, sem desejar contrariar, nem criar outra verdade, quero apenas lembrar: quanto a mim,  só  existe um Premurado, na freguesia, o que  acima é mencionado como "Premurado II". Devo ter sido eu quem pela primeira vez falou dele, como  local de interesse arqueológico, nos inicios da década de 70.  Entretanto surgem os estudiosos a recolher  informações, e o informador local, supondo que premurado era sinónimo de espaço arquelógico, deu  aos vestígios de Vale de Cão a dita designação que tem vindo a tomar. Fica o esclarecimento.

2 comentários

Comentar post