Sábado, 31 de Maio de 2014

    

 Como é tradição, e foi anunciado, uma vez mais decorreu com muito êxito a Festa da Ascensão de Senhor no alto do Monte Farinha. Festa movel  que dantes a Igreja celebrava 40 dias depois da Páscoa, em Quinta-feira da Ascensão, e agora se festeja no domingo seguinte; este ano, callha no 1º domingo de Junho. Para evitar confusões e até porque a data ocorre  muito próximo ao termo desses 40 dias, na Senhora da Graça, ou Monte Farinha, o evento passou a festejar-se anualmente no último domingo de Maio. Opção que o bispo diocesano a seu tempo aprovou.

Festa muito antiga, ali, desde há uns nos a esta parte que tem vindo a ser organizada com brio e fervor pelo Arciprestado do Baixo Tâmega e que na Fonte Salgueiro forma cortejo, estrada a cima, até ao Largo de São Tiago, onde tem inicio a procissão com destino ao recinto do Santuário.   

As diversas paróquias do Arciprestado que envolvem os concelhos de Mondim de Basto e Ribeira de Pena fazem-se representar com seus estandartes e, também, muitos paroquianos, que nesta ocasião aproveitam para subir ao topo do Monte Farinha e pela mão de Maria chegar a Jesus. 

 

Presidiu, como lhe compete, na qualidade de pároco de Vilar de Ferreiros, o Sr. Padre  João Paulo, que novo na freguesia felicitamos e esperamos siga as pisadas do seu antecessor, Sr. Padre Correia Guedes, na defesa e valorização deste monumental relevo paisagistico que tem por cúpula e motivo de atracção o santuário de Nossa Senhora da Graça.

 

A pesar de muito frio e de calhar em dia de eleições para o Parlamento Europeu, a participação foi muito boa, contrariando o que se supunha não acontecesse face a esses factos, e também por uma publicidade muito sobre o acontecimento. De louvar a precença das forças vivas do concelho e do Arciprestado, aqui em particular o Sr. Presidente da Câmara, Eng. Humberto Cerqueira, pela sua disponibilidade em participar em todos os eventos festivos que honram e dignificam o concelho de Mondim de Basto.

Ao esboço só falta acrescentar os horários e regista-los como regra futura: parte o cortejo, às 09:00h, da Fonte Salgueiro para o Largo de Santiago; donde formada sai a procissão, às 10:00h, com o andor de NS da Graça,  em direcção ao pico do monte, para às 11:00h se dar inicio à Missa Campal, e no fim, com o adeus a Nossa Senhora e o regresso da imagem ao Santuário, terminar uma festa da Ascensão no Monte Farinha



publicado por aquimetem às 09:54
Quarta-feira, 21 de Maio de 2014

Das festas mais antigas que se celebram no alto do Monte Farinha, a Ascensão do Senhor mais uma vez decorre no próximo domingo dia 25. Este ano com eleições marcadas para esse data, é natural que por mais divulgação que se fizesse não aumentaria o numero de peregrinos na subida ao alto de Nossa Senhora da Graça e do "Santinho", Santiago. Só os devotos de perto  e os "abstencionistas" de longe  se despertados atempadamente poderiam ser os potenciais visitantes. Para todos fica um convite: arranjem forma de fazer a vossa "romaria" de Maio a Nossa Senhora da Graça e tanto melhor se na próxima Festa da Ascensão, no Domingo, dia 25.



publicado por aquimetem às 15:25
Domingo, 18 de Maio de 2014

          Se fosse vivo fazia hoje 91 ano que nasceu, em Vilar de Ferreiros, um amigo e generoso servidor da sua freguesia e paróquia: o Sr. Manuel Lopes. Zeloso capataz dos Serviços Florestais, onde granjeou respeito e amizades, o Sr. Manuel Lopes mercê da simpatia de que gozava na comunidade, cedo mereceu as atenções das forças vivas do concelho que não tardam o convidasse para servir a terra, ora como regedor, ora como membro da Junta de Freguesia Por ocasião do seu, falecimento, escrevi no próprio dia, 04/01/013:

          "Com 89 anos de idade faleceu hoje o Sr. Manuel Lopes. Figura carismática da nossa freguesia, o finado era aposentando dos Serviços Florestas onde durante muitos anos trabalhou como vigilante qualificado. Como cidadão além de Regedor que foi serviu também a comunidade local na condição de membro da Junta de Freguesia, e de forma muito particular a Paróquia, sobretudo no Santuário de Nossa Senhora da Graça que muito lhe fica a dever. A introdução das arvores nos adros é obra sua, e do zelo por ele manifestado e reconhecido não apenas pelo Sr. Padre Guedes, como pelos prelados da Diocese, mormente D. Joaquim Gonçalves que mutuamente muito se estimavam".

          Sempre preocupado com a divulgação dos eventos religiosos que no Monte Farinha acontecem ainda a data vinha longe e já ele me estava a lembrar o acontecimento que gostava de ver em letras de jornal. Aqui deixo a minha grata homenagem e que o seu exemplo sirva de lição a todos os futuros zeladores e promotores do progresso e alindamento do Santuário de Nossa Senhora da Graça. Agora sob regência do pároco, Padre João Paulo,  e o carinho e supervisão do Bispo Diocesano, D. Amândio Tomás.



publicado por aquimetem às 13:55
Em vez de "Caminho Novo" vai passar a chamar-se o sítio aonde essa antiga via conduz: Monte Farinha.
mais sobre mim
Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
Contador de visitas
subscrever feeds
blogs SAPO