Quarta-feira, 05 de Junho de 2013

          Se fosse vivo fazia hoje 92 anos que Primo Casal Pelayo nasceu na freguesia de Fajozes-Vila do Conde. Foi a 05 de Junho de 1921. Licenciado em Direito, na Universidade de Coimbra, ainda tentou optar pela Magistratura, que experimentou na condição de Delegado do Ministério Publico; no entanto era o Magistério que por vocação e tradição familiar o iria seduzir e consumir a sua existência, primeiro no Colégio de São José, de Vila do Conde, e mais tarde no Externato Latino Coelho, em Lisboa, do qual foi proprietário e director. Nessa qualidade o conheci, e no inicio da década de 60, o  despertei para acompanhar uma contenda à volta do santuário da Senhora da Graça que ele tomou muito a sério gastando muitas horas do seu precioso tempo a pesquisar e a consultar documentos seguros e fidedignos que deram origem à obra histórico-juridica "A Ermida do Monte Farinha, em Vilar de Ferreiros". Tornando-se assim não apenas um amigo da Senhora da Graça, mas o percursor dos verdadeiros estudiosos de Mondim e também da região de Basto.

          Recordá-lo é um dever de quem sem complexos quer conhecer a verdade histórica da sua terra; e a preocupação deste ilustre vila-condense foi encontrá-la e dá-la a saber. Para também o fazer e agradecer escolhi este 5 de Junho. É conveniente lembrar tudo isto para que  não caia no esquecimento, até porque tenho reparado haver uma nítida preocupação por parte de certa elite de "escrevinhadores" no tentar apagar o seu nome da história local, desviando dos estudiosos o conhecimento e importância do seu trabalho. Neste aspecto já alertei quem deve estar alertado para essa nítida preocupação...   



publicado por aquimetem às 00:04
Em vez de "Caminho Novo" vai passar a chamar-se o sítio aonde essa antiga via conduz: Monte Farinha.
mais sobre mim
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


pesquisar neste blog
 
Contador de visitas
blogs SAPO