Quarta-feira, 01 de Novembro de 2006

          Já lá vão umas três décadas que na companhia do Padre Guedes, do Urbaninho Ferreira e do saudoso Carlitos, do Bairro d'Além , subi a pé de Vilar ao Iteiro da Senhora". Recordo-me de nas Recheiras (do meio) deixar que os meus companheiros se adiantassem um pouco, para sem que entretanto se dessem conta da minha curiosidade, eu pudesse localizar e rever, ali perto da passagem,   dois calhaus sobrepostos, com escaleiras laterais e duas covas na parte superior, onde, quando rapazote do gado, costumava subir imaginando-me um Gago Coutinho e um Sacadura Cabral, fruto de ver uma ilustração destes que dantes fazia parte dos antigos livros de instrução primária. 

          Ainda lá estavam, nessa altura; mas já então, os salvei por pouco! Valeu, ao tempo, a pronta intervenção do Eng. Pinto e Cruz, a quem então alertei. Hoje, se ainda não foram destruídos, podiam muito bem fazer parte do roteiro turístico de quem sobe e desce pelo Caminho Novo.



publicado por aquimetem às 18:25
Em vez de "Caminho Novo" vai passar a chamar-se o sítio aonde essa antiga via conduz: Monte Farinha.
mais sobre mim
Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
Contador de visitas
blogs SAPO