Quinta-feira, 04 de Maio de 2017

Imagem (137).jpg

No primeiro domingo de Maio recomeça o programa anual das actividades de Verão no Monte Farinha que se prolongam ate final de Setembro. É pratica que teve inicio na década de 60 e se deve ao pároco, de saudosa memória, Manuel Joaquim Correia Guedes logo após entrar na freguesia de Vilar de Ferreiros. Do seu empenho e labor, sempre apoiado pelos prelados que nesse período pastorearam a Diocese, desde D. António Valente da Fonseca a D. Amândio Tomas, a ermida de Nossa Senhora da Graça transformou-se no santuário mariano que hoje agrada visitar, pois é local inconfundível de romagem e peregrinação; para além do miradouro mais sedutor do norte de Portugal.  

15820079_1maSL.jpg

Com festas famosas como a Ascensão, este ano no último domingo de Maio, o São Tiago, a 25 de Julho; e a Grande Peregrinação, no 1º Domingo de Setembro, também a Volta a Portugal em Bicicleta com a “etapa Rainha da Volta” dão ao Monte Farinha fama e atracção. Mas é na condição de espaço sagrado que o santuário da Senhora da Graça deve ser encarando e respeitado, e nesse sentido o padre João Paulo tem sabido pisar as peugadas do seu antecessor. E um bom exemplo é o de todos os domingos, durante a época estival, celebrar missa às 16h00 no santuário. Já com inicio, no dia 7, Dia da Mãe.



publicado por aquimetem às 22:16
Sexta-feira, 03 de Fevereiro de 2017

DSCN1483.JPG

Já lá vão seis anos que saiu do nosso convívio terreno o Dr. Primo Casal Pelayo deixando mais pobre a cultura portuguesa e o carinho especial pela vertente histórica, onde se distinguiu como educador e articulista. Faleceu a 08 de Fevereiro de 2011.

HPIM8835.JPG

Autor entre outros trabalhos de “A Ermida do Monte Farinha” e “FAJOZES – Memórias do seu passado”, Casal Pelayo foi um amigo incondicional que por amor à verdade histórica se entregou de alma e coração na descoberta do que faltava conhecer acerca do muito que estava ignorado sobre terras de Mondim de Basto, e que graças à sua competência de estudioso, aliado ao sua formação de jurista trouxe à superfície revelações que a poeira do esquecimento havia abafado.

FOTOS Férias da Páscoa   2010 163.jpg

 A este saudoso amigo devo além da muita amizade, a gratidão que se deve aos professores, e eu tive-o por metre no Externato Latino Coelho, onde fui seu aluno nas disciplinas de história, geografia e português do antigo 5º Ano, e com outros alunos fizemos muitas visitas de estudo por museus, igrejas e palácios dentro e fora da cidade de Lisboa. Era o que se chama um poço de sabedoria acumulada, à qual consagrou toda a sua existência. Hoje são raros os homens desta têmpera.



publicado por aquimetem às 10:16
Domingo, 15 de Janeiro de 2017

 

DSCN0628.JPG
N. 15/01/1919 – F. 02/12/2016

Em 15 de Janeiro de 2007 escrevi eu neste blog : “ Fez há pouco mais de 2 horas, 88 anos que nasceu, no lugar da Misericórdia, freguesia de Ermelo, o mais notável mondinense de sempre e que Vila Real acolhe como dilecto filho adoptivo, desde 1931: Monsenhor Ângelo do Carmo Minhava “. Foi ordenado sacerdote a 19/12/1942, 23 anos depois do seu nascimento, a 15 de Janeiro de 1919. Os seus dotes artísticos e culturais fora do comum cedo se revelaram e despertaram o apreço e admiração do saudoso Bispo D. António Valente da Fonseca que o convidou para leccionar no Seminário: Latim, Literatura, Francês e Musica. Como musicólogo de nomeada dirigiu o Orfeão do Seminário, do Liceu, da Escola Técnica  e do Instituto Politécnico de Vila Real. Notável poliglota os seus artigos de Critica Literária e Musical ficam dispersos por diversas revistas e jornais, o mesmo acontecendo em relação a trabalhos sobre Linguística e Filosofia. Na condição de autodidacta, tornou-se estudioso da Língua Alemã e Russa, tendo feito a tradução de algumas obras. Também como escritor destaco a “Cabrilada” que mereceu de Teixeira de Pascoais rasgado louvor.Musicou letras de muitos poetas e poetisas de todo o País, incluindo Madeira e Açores. Autor da Música de várias Marchas, recordo a de Vila Real, a de Mondim de Basto, a de Montalegre, a de Mesão Frio, a de Cerva e a de Santa Marta de Penaguião.

17131016_qRKA9.jpg

Deste saudoso amigo que tive a honra de merecer dele um comentário na Voz de Trás os Montes, ao meu livro: ” Vilar de Ferreiros- Na história, No espaço e na etnografia”, resta-me honrar a sua memória e por intercessão de Nossa Senhora da Graça pedir a Deus que lhe dê o merecido lugar no céu. Com o seu desaparecimento ficou Portugal e os transmontanos mais empobrecidos. Fica a saudade, a boa fama e a obra que deixou.



publicado por aquimetem às 17:35
Domingo, 14 de Agosto de 2016

peregrinação2016.jpg

Vem aí mais uma das grandes festividades que levam ao cimo do Monte Farinha centenas de devotos de Nossa Senhora da Graça e do Santinho, São Tiago. É a mais importante peregrinação mariana da Região de Basto, e creio de todo o norte de Portugal. Ali acorrem, no 1º Domingo de Setembro, centenas de peregrinos vindos de todos os cantos do país e até do estrangeiro, sobretudo imigrantes. Como é tradição preside o bispo diocesano, nesta ocasião o insigne transmontano D. Amândio Tomás, e o programa deste ano será preenchido assim: Às 08h00- Confissões; ás 10h00-inicio da procissão com recitação do Terço; ás 11h00- Missa Solene, presidida por D. Amândio, bispo titular de Vila Real, às 12h00-procissão de despedida com regresso da imagem ao Santuário e o adeus a Nossa Senhora. A ordem como de costume está confiada à GNR de Mondim de Basto.



publicado por aquimetem às 16:32
Terça-feira, 19 de Julho de 2016

cartaz 2016-1.jpg

Vamos ter festa grande no Monte Farinha, a chamada Romaria ao "Santinho" é ali, no cimo do mais sedutor miradouro do Norte de Portugal. Ocorre no respectivo dia, 25 de Julho, e chama aquele famoso miradouro milhares de devotos de Nossa Senhora da Graça e de S. Tiago que partilha do mesmo santuário. Do programa desse dia, dia dos Romeiros, destacamos a alvorada, às 07h00; depois, às 08h00, inicio das Confissões; às 09 e ás 09h30 folclore; para às 10h15, no Lg. de São Tiago ter inicio a procissão, com recitação do terço, em Ano da Misericórdia. Já no ultimo domingo do mês, dia 31, volta o Monte Farinha a ser noticia, agora graças à Volta a Portugal em Bicicleta, que não considero seja, dado ser feita aos saltinhos, de terra para terra. Era melhor chamar-lhe de Volta aos retalhos....Mas deixo aqui um convite aos meus leitores: se querem conhecer a terra onde nasci, e tenho muito orgulho nisso, aproveitem o ultimo domingo deste mês Julho. Fiquem por lá desde o São Tiago até então e visitem as Fisgas, tomem banho no Tâmega, e em Vilar de Ferreiros, além do Santuário de NS da Graça, têm na sede da freguesia a igreja paroquial, no adro o brasonado cruzeiro e a dois passos a capela de São Sebastião, com miradouro sobre a Ribeira Velha. Da volta li: "A etapa da Srª da Graça é sempre um dia especial e, desta vez, coincide com o domingo do último dia de julho. Bragança dará a partida desta4ª etapa que vai levar a 78ª Volta a Portugal Santander Totta até à sempre aguardada subida ao alto da Srª da Graça, em Mondim de Basto. Serão percorridos quase 192 KM com muita e difícil montanha sobretudo na segunda metade da tirada".

 



publicado por aquimetem às 16:09
Segunda-feira, 04 de Julho de 2016

p guedes 06 001.jpg

 Se fosse vivo, o Sr. Padre Manuel Correia Guedes, o "gigante com coração de pomba", fazia hoje. 2ª-feira, 84 anos, nasceu 04/07/1932, em Torgueda (Vila Real) e faleceu, este ano, em Vilar de Ferreiros (Mondim de Basto) no dia 03 de Janeiro.
Foi durante meio século abade desta paróquia de São Pedro e deixou obra notável sobretudo no Santuário de Nossa Senhora da Graça (Monte Farinha), que serviu na qualidade de pároco de Vilar de Ferreiros e devoto apaixonado de Nossa Senhora. Pela obra que foi desenvolvendo aos longo dos anos e sempre em crescente, mereceu dos muitos peregrinos e romeiros o cognome de “O Padre da Senhora da Graça”. Homem bom e generoso que morreu ao serviço da Igreja e das almas, sempre, na condição de sacerdote, no concelho de Mondim. Deixou rasto e odor de santo homem.



publicado por aquimetem às 10:35
Quinta-feira, 02 de Junho de 2016

restauradore 003.JPG

No próximo dia 05 de Junho se fosse vivo fazia 95 anos o Sr. Dr. Primo Casal Pelayo. Não podemos esquecer este ilustre vila-condense que de alma e coração fez acordar do sono pesado em que dormiam muitos dos documentos antigos , relacionados com a historia de Mondim de Basto, que sem a sua generosidade e competência acabariam por nunca mais acordarem ou fazê-lo de modo assarapantado….Para fazer prova desse seu generoso esforço intelectual posto no trabalho histórico-jurídico que gastou a pesquisar nas mais importantes bibliotecas de Lisboa, Porto e Braga, e contou com a colaboração de personalidades das suas relações pessoais a quem pediu conselho, como D. Domingos Pinho Brandão, distinto arqueólogo, Padre Mário César Marques, etnógrafo bracarense e D. António de Castro Xavier Monteiro, bom conhecedor da história da região de Basto, Casal Pelayo juntou material suficiente para fazer e enobrecer a obra a que voluntariamente se propôs materializar. Apenas com um único objetivo, o de fazer devolver à paróquia de São Pedro de Vilar de Ferreiros, e ao seu pároco os direitos que lhe competem no santuário de Nossa Senhora da Graça. Desse seu labor surge A Ermida do Monte Farinha. Obra que só depois de lida, e de confirmado o seu conteúdo é que D. António Valente da Fonseca, após desvanecidas todas as dúvidas que até então estavam por clarificar, decide fazer a entrega definitiva ao seu legitimo dono. Valeu a pena e hoje graças ao empenho de duas figuras que vão ficar para sempre com seu nome ligadas ao santuário do Monte Farinha e que aqui enalteço: D. Joaquim Gonçalves, o “Bispo da Senhora da Graça” e o Sr. Padre Manuel Joaquim Correia Guedes, o “Padre da Senhora da Graça”. Dizia-me o abade Morais Miranda, em meados da década de 60 a respeito deste notável estudioso: “ Se fosse o pároco e vivesse ainda, quem mandava colocar uma fotografia lá em cima, no “iteiro” da Senhora, ao teu amigo Sr. Doutor Casal Pelayo era eu”. Bem merecia, só que o Dr. Primo Pelayo não trabalhou para se fazer à fotografia, mas para generosamente defender e repor a verdade histórica, que neste caso andava destorcida…..

 



publicado por aquimetem às 17:31
Quarta-feira, 18 de Maio de 2016

 

sem nome.png

Mais uma peregrinação do Arciprestado do Baixo Tâmega que em Ano da Misericórdia vai decorrer no alto do Monte Farinha, paróquia de São Pedro de Vilar de Ferreiros-Mondim de Basto. Presidida por D. Gilberto, Bispo emérito de Setúbal e transmontano muito ilustre, a peregrinação terá inicio às 09h00, com a “caminhada” da Fonte do Salgueiro até ao Largo de São Tiago, donde às 10h00, forma e saí a procissão, com o andor de Nossa Senhora da Graça, para o adro-esplanada do santuário, onde às 11h00 começa a solene Missa campal. Falamos da festa da Ascensão do Senhor que no Monte Farinha se celebra no ultimo domingo de Maio, porque assim, com data fixa, pretende servir melhor os tradicionais peregrinos que por esta altura escolhem subir a montanha sagrada de Basto. Este ano é no dia 29, ultimo domingo de Maio.

 



publicado por aquimetem às 23:50
Domingo, 07 de Fevereiro de 2016

restauradore 003.JPG

Há quatro anos, em 2012, a propósito deste saudoso e ilustre amigo, escrevi: "Faz amanhã um ano, 8 de Fevereiro, que faleceu em Lisboa, onde residia, o Dr. Primo Casal Pelayo, que foi professor, director e proprietário do Externato Latino Coelho, na freguesia de Santa Maria de Belém. Natural de Fajozes, Vila do Conde, foi no colégio de São José, da família Pelayo, que iniciou a sua notável carreira de formador e educador de várias gerações que ainda hoje recordam com saudade o Colégio dos Pelayos, da rainha do Ave". Em Lisboa muitos foram, e são, também, os que ficaram gratos ao Dr. Primo Pelayo e ao colégio de que foi dono, gestor e professor exímio, na rua da Junqueira.

13956193_SWaji.jpg

Sempre que posso costumo visitar a campa onde, no cemitério de Benfica, repousam os seus restos mortais; mormente na data do falecimento. Este ano faz cinco anos que deixou o mundo dos vivos, as autarquias que até com os mortos fazem dinheiro, não sei o que a de Lisboa vai fazer da sua ossada. Que ao menos avise os familiares ou a Junta de Freguesia de Fajozes, antes de atirar com ela para a bala comum. São ossos de um insigne vila-condense,  e autor da Ermida do Monte Farinha, a quem também muito deve Mondim de Basto.

 

 

 

 



publicado por aquimetem às 11:03
Domingo, 20 de Setembro de 2015

FOTOS FERIAS AGOSTO 2010    III 312.jpg

A Visita aos túmulos dos Apóstolos ou Visita ad limina apostolorum que decorreu no Vaticano e em Roma, de 07 a 12 do corrente mês de Setembro, impediu que a Grande Peregrinação Anual a Nossa Senhora da Graça, no Monte Farinha, tivesse este ano, como é habitual, um bispo a presidir às cerimonias. Nesta visita que o episcopado de cinco em cinco anos realiza, e na qual os bispos diocesanos, e outros prelados da Igreja Católica, se reúnem com o Santo Padre, são apresentados e apreciados relatórios sobre as actividades de cada diocese ou prelatura. Isto aqui para justificar o motivo porque este ano nem o bispo diocesano, D. Amândio Tomás, nem qualquer outro seu similar, por ausentes do país, estarem disponíveis para presidirem à peregrinação de Setembro; este ano, realizada no dia 06.

DSC_0024.jpg

Mas em contrapartida o afluxo de peregrinos foi enorme e o dia esteve maravilhoso, contribuindo para dar mais brilho e beleza às cerimónias e encanto a uma paisagem espectacular que daquele sedutor e imponente miradouro se desfruta.

2.jpg

Como em post de 22 de Agosto anunciei neste blog : “Quem preside este ano, o programa não diz, mas que no próximo dia 06 de Setembro, entre a Missa das 08h00, e a Missa Solene às 11h00, a devoção graciana vai estar em alta, vai. E no fim dessa Missa campal é a procissão de despedida e o adeus até ao ano que vem”. Missa das 08h00 cujo celebrante veio da Povoa de Varzim, o amigo padre Manuel Oliveira Couto, e a Missa Solene, das 11h00, teve a presidir o padre Manuel Machado.

DSC_0105.jpg

Já então com todas as diligências esgotadas, por parte do pároco de Vilar de Ferreiros, padre João Castanheira, no sentido de ter um bispo a presidir à peregrinação, nem mesmo é fácil encontrar um sacerdote disponível, para ao domingo, poder trocar os compromissos que lhe estão confiados por missão, para atender um convite ocasional.

Bodas de Aniversário do PADRE MANUEL GUEDES 086.j

Diga-se que valeu aqui a gentileza e generosidade do Sr. Padre Manuel Machado, figura muito estimada e querida no concelho de Mondim de Basto, donde é natural. Actual pároco de Parada de Monteiros, Pensalvos e São Martinho de Bornes ( Vila Pouca de Aguiar), o Padre Machado que é do clero do Patriarcado de Lisboa, mas incardinado na diocese de Vila Real, depois de pároco que foi de Colares (Sintra), paroquiou São Cristóvão de Mondim, onde desempenhou o cargo de Arcipreste do Baixo Tâmega. Ordenado, no Mosteiro dos Jerónimos, em 02/07/1985, tive o privilégio de assistir a esse acto solene, e de em meu nome e do Padre Correia Guedes lhe dar os parabéns. Já lá vão trinta anos. Com todo o brilho desejado a peregrinação decorreu em beleza, como vem acontecendo sempre em crescente de ano para ano. Aos interessados fica o aviso de que até ao fim deste mês há missa dominical no santuário às 16h00, depois só em Maio.

 

 



publicado por aquimetem às 21:56
Em vez de "Caminho Novo" vai passar a chamar-se o sítio aonde essa antiga via conduz: Monte Farinha.
mais sobre mim
Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


pesquisar neste blog
 
Contador de visitas
subscrever feeds
blogs SAPO